Mostrando postagens com marcador Guerra dos Sexos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Guerra dos Sexos. Mostrar todas as postagens

22 de dez de 2013

RELACIONAMENTO NÃO É DISPUTA!

    Deixe que a Guerra dos Sexos seja apenas título 
              de novela ou desenho animado


amor-nao-eh-disputa

Como eu gostaria que as pessoas enxergassem quão abençoadas são, pelas coisas simples do dia-a-dia. Como por exemplo, frases ditas no "piloto automático",  mas pra quem as ouve faz grande diferença:

 - Bom dia, amor!  - Nem sempre desejando um dia tão bom, porque SO-NHA-MOS que a criatura estava nos traindo!!
                                                                          ou
 - Pega a minha toalha, por favor!  - Nem sempre acompanhada do por favor...
                                                                          ou
 - Eu te amo! - Sem obrigar o outro (com um olhar de matar uma planta comigo-ninguém-pode)  a responder super, hiper, mega, ultra, enfaticamente - Eu também te amo, amor!!

Lembrem-se, meninas, o bicho-homem é econômico. Ele pode até falar, mas, o mais provável é que seja um simples:    - Eu também.

Até aquele  - PORQUE VOCÊ NÃO ATENDEU QUANDO EU LIGUEI?? -  faz uma falta  danada!

Por tudo isso, PRECISO dizer a vocês que por mais bobo que pareça, por mais chato, e muitas vezes ficamos de saco cheio, nos sentimos a última das mulheres, ainda assim, é uma bênção!!
Aproveitem a presença física, não vejam a rotina apenas como uma inimiga, a tampa do vaso levantada não é o fim do mundo, a toalha jogada não é um tsunami, e se possível, depois de todas essas "catástrofes", briguem menos.  Tudo isso é bom demais!!!

O relacionamento não é uma disputa, onde um tem que "ganhar" do outro, mandando mais, ou sendo menos carinhoso - porque, equivocadamente, há quem pense que demonstrar afetividade é demonstrar fraqueza,  tratar com mais cuidado, ou, como é muito propagado: - Tenho o mesmo direito que você! Direito que, significa ser menos atenciosa, ou sair com as amigas, quando ele sair com os seus amigos (não é que você não pode sair com as amigas, pelo amor de Deus!). A questão é, você deve sair quando estiver com vontade, e não apenas porque ele saiu...

Diferenças existem, e devem existir. Desde que sejam encaradas de maneira saudável.
Aproveitem o amor, a vida, e até as diferenças. Sejam felizes!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...