15 de ago de 2014

Compaixão pelos outros, mas não por você?

Já ouvi muita gente dizer:

- Não sinta pena de você. Vá à luta!!

Ora, se somos "ensinados" ao longo da vida a ter compaixão do próximo, porque não ter compaixão de você mesmo? Qual o problema? O que não devemos, até podemos, mas não é saudável, é ficar congelado por essa compaixão, sem lutar pra sair dela.

Vejo muitos "filosofeiros", muitos "psicólogos da vida alheia", falando, falando, sem experiência de vida.
Gente que nunca precisou dormir com fome, nunca viu baixar ao túmulo alguém a quem amava, nunca morou de favor na casa de alguém, nunca viu um filho, um pai, ou um marido jogado na rua, ou entregue ao vício, seja ele qual for.

Depois que você passar por alguma dessas coisas, aí abra a boca e diga o que quiser. Mas com propriedade!

2 comentários:

  1. Muito bom o seu blog, estive a percorre-lo li alguma coisa, porque espero voltar mais algumas vezes,
    deu para perceber a sua dedicação em partilhar o seu saber.
    Se me der a honra de visitar e ler algumas coisas no Peregrino e servo ficarei radiante.
    E se gostar e desejar comente.
    Que Deus vos abençõe e guarde.
    Peregrino E Servo. António.

    ResponderExcluir
  2. Que bom que gostou, Antonio! Espero que volte sempre. Desculpe a demora em responder teu comentário, é que continuo "Reaprendendo" em todos os sentidos...

    ResponderExcluir

Espero que esse tempinho que vc me emprestou, tenha sido tão bom pra vc, quanto foi pra mim!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...